terça-feira, 17 de outubro de 2017

As Máximas de Bere - Pensamentos, Reflexões, Verdades

   Pensamentos de Bere que foram postos em cartas escritas há anos, ou mais recentes deixadas escritas em algumas pastas do seu notebook. Bere faleceu em setembro de 2013, mas deixou este legado maravilhoso de ideias que fazia sobre a vida, o dia a dia e o amor.


















quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Receita: Pizza de massa de Aipim (mandioca, macaxeira)

Quem deseja substituir a massa da pizza tradicional por uma massa feita de aipim, aqui a receita para ter um alimento mais saudável, onde os nutrientes têm muito mais sabor.




Pizza de aipim

Cozinha 700 gramas de aipim já temperado até se desmanchar. Escorre a água, tira os talinhos do meio, esmaga com uma colher e forra uma forma refratária untada com manteiga.
Coloca no forno elétrico a 220 graus por meia hora.
Enquanto isto, frita 180g de bacon fatiado até que ele doure. Frite uma cebola pequena junto com um tomate pequeno até virar uma massa.
Corte outro tomate pequeno em rodelas.
Rale a grosso modo 120 gr de queijo mussarela.
Corte 10 azeitonas pretas em rodelas tirando as sementes.
Tire a forma com aipim do forno, cubra com a mistura de tomate e cebola refogado, cubra com o queijo grosso toda superfície.
Espalhe o tomate cortado em rodelas. Sobre ele espalhe o bacon frito e depois espalhe as azeitonas pretas.

Leve ao forno por em potência alta 300 graus por mais 20 minutos.

sábado, 2 de setembro de 2017

as Máximas de Bere - Pensamentos, reflexões, verdades

   Pensamentos de Bere que foram postos em cartas escritas há anos, ou mais recentes deixadas escritas em algumas pastas do seu notebook. Bere faleceu em setembro de 2013, mas deixou este legado maravilhoso de ideias que fazia sobre a vida, o dia a dia e o amor.











Culinária: Polenta Recheada de preparo em 10 minutos

   



Sempre é bom aprendermos algo novo e prático principalmente em matéria de alimentação, para termos comidas boas preparadas em casa em pouco tempo, mas que fiquem saborosas. Esta receita foi ensinada no canal do Youtube Cozinha da Catia. Mas sei que muitas pessoas não gostam de ir lá e ver. Então passo a receita dela aqui pois eu provei e aprovei:
POLENTA RECHEADA DE MICROONDAS
(Rende 4 porções. Preparo: 10 minutos)
INGREDIENTES:
1 xícara de farinha de milho fino (não polentina, a comum).
3 xícaras e meia de água
1 colher rasa de sal
100 g de salaminho fatiado
100 g de queijo colonial cortado em cubos ou de parmesão ralado.
PREPARO:
Coloque a xícara de polenta numa vasilha refratária, misture uma xícara de água fria e o sal. Misture bem enquanto aquece o resto da água até ficar quente (não precisa ferver). Misture a água quente na vasilha até a polenta ficar homogênea. Coloque no microondas em potência alta por três minutos. Retire do microondas, mexa bem a mistura até ficar novamente homogênea e retorne ao microondas por mais 5 minutos. Não precisa tapar.
Enquanto isto, pique o queijo colonial em cubinhos pequenos, fatie o salaminho.
Retire a polenta do microondas (cuidado, vai estar bem quente. Use um pano para pegar a vasilha). Acrescente o queijo e o salaminho, misture tudo.
E terá preparado uma polenta dos deuses recheada, sem embolotar, sem endurecer enquanto vai esfriando e sem se queimar com as bolhas que saltam enquanto faz polenta no fogão.
Faça o teste. Vale a pena!
Aqui o link do canal da Cozinha da Catia.
https://www.youtube.com/user/CozinhadaCatia


domingo, 9 de outubro de 2016

Culinária: Recheado Sol - ingredientes de pizza com sabor diferente





Você é como eu, que gosto de inventar novas receitas? Eu vi num vídeo daqueles que passam uma receita inteira em  menos de um minuto e achei o produto tão apetitoso na aparência que resolvi imitar criando minha própria receita, somente usando a ideia original do arranjo. E ficou uma delícia. Recomendo fazer. É bastante trabalhoso e toma uma hora e meia para ter o prato pronto para servir.

Recheado Sol

INGREDIENTES PARA A MASSA:
250 g de farinha de trigo
1 ovo
1 colher de sopa cheia de açúcar
1 colher de sopa rasa de sal
1 envelope de fermento de pão
100 ml de água com leite (meio a meio)
3 colheres de óleo

PREPARO:
Colocar todos os ingredientes numa bacia. A água com leite deve estar temperatura ambiente ou levemente amornada. Ir sovando a massa e se precisar acrescentar farinha para ficar uma massa que desprende da bacia. Quando estiver sovada, fazer uma bola e deixar crescer na bacia tampada com pano de prato até dobrar de volume (meia hora).


INGREDIENTES DO RECHEIO (fatiados):
150 g de queijo mussarela 


150 g de queijo prato (ou lanche) 
150 g de queijo provolone
100 g de salaminho italiano 
150 g de presunto
150 g de bacon
1 tomate rasteiro médio
1 cebola média
3 folhas de alface americana cortada em fatias

PREPARO:
Abrir a massa sobre uma superfície deixando ela com meio centímetro de espessura, procurando deixá-la em forma circular. Depois de aberta, cortar com roda de pizza em forma de fatias de pizza da largura de mais ou menos 5 centímetros no lado mais largo. Reservar. Pegar uma cumbuca (de sopa, 10 a 12 cm de diâmetro) para moldar o centro e espalhar as peças ao redor da cumbuca, com a parte mais larga das fatias encostando na cumbuca. Vai ficar em formato de sol (por isso o nome da receita). Espalhar o queijo mussarela com as fatias dobradas ao redor da cumbuca, depois o salaminho, dobrado ao meio sobre o queijo, depois o tomate, em seguida o queijo prato dobrado ao meio também, depois o presunto dobrado ao meio também (se for de fatias grandes como eu usei, corte no meio e dobre cada metade), sempre sobrepondo a camada anterior, deixando a dobra no lado que não é da cumbuca para o arranjo não se desmanchar. Chegou a hora de por a alface espalhando as tiras, depois o queijo provolone, as rodelas de cebola e por fim, o bacon. Retirar com cuidado a cumbuca do centro e puxar as pontas raiadas por cima da mistura, moldando no buraco do centro para fazer uma amarração. Colocar em forma polvilhada com farinha (precisa de outra pessoa pra ajudar) e colocar em forno pré-aquecido 190 graus durante meia hora.

sábado, 24 de setembro de 2016

Três anos sem Bere - Só restam Saudades




                     


   Hoje fazem três anos que Bere partiu. O que dizer? Sim, digo que ainda morro de saudades de nossa vida em comum, de nossas somas, nossas alegrias, nossas conquistas, nossos risos, nossos sonhos, nossos projetos, nossos olhares, nossos beijos, nossos chimarrões, enfim, ...morro de saudades desta vida que tão bem foi vivida ao lado de Bere. Morro de saudades de seu cheiro, sua aura, sua vida interagindo com minha vida. Morro de saudades de seu cuidado com tudo que nos cercava, uma casa completamente arrumadinha, contas em dia e compromissos anotados em sua agenda. Morro de saudades em viver seus sonhos que eram tantos, que o destino lhe arrancou prematuramente sem que tivesse ao menos ideia de como concretizar. Morro de saudades de seus pitacos, suas críticas construtivas, seu orgulho por meu trabalho e de nossos filhos. Morro de saudades de sua alegria vendo um programa divertido de televisão, vestindo seus langanhos e gritando as respostas para quem não sabia responder, chamando-os de antas. Morro de saudades de sua voz, seu jeito cantado de falar que tanto me encantava. Morro de saudades de seu sono profundo ao meu lado nas noites amenas, seu aconchego nas noites de frio e seu jeito folgado tomando conta de toda a cama nas noites de calor. Morro de saudades de sua garra, seu jeito aguerrido de peitar situações difíceis, enfrentando tudo de frente sem medir consequências quando sabia que tinha razão. Morro de saudades de seus ensinamentos, suas frases perfeitas tiradas do nada no momento certo, que me calavam admirado por ver seu censo tão criativo. Morro de saudades dos seus olhos sinceros fitando os meus, espelhando sua alma. Morro de amor pela única mulher que realmente amei na vida e que para sempre estará em meu coração. Três anos sem Bere. Muitas saudades.

sábado, 17 de setembro de 2016

as Máximas de Bere - Pensamentos, reflexões, verdades













Paródia feita com nomes de municípios Gaúchos - CHUVISCA de uma CHIAPETA NA CASCA

Neste texto, atendendo pedido de amigo, faço mais uma crônica usando municípios do RS para formar a história.

CHUVISCA de uma CHIAPETTA na CASCA.
TRÊS COROAS estavam sentadas na mesa de um bar com jeito ALEGRETE de conversar. Nisto entrou um JAGUARÃO, as encarou e perguntou: Que vocês estão TRAMANDAÍ? - Calma! - Disse a CRISTAL com ALEGRIA. - No dia DEZESSEIS DE NOVEMBRO vamos a CAPÃO DA CANOA, pois dizem que lá é TERRA DE AREIA com MORMAÇO e PANTANO GRANDE, onde a gente CHUVISCA pra CARAÁ o CAPITÃO e seus MOSTARDAS. E neste ROLADOR, o PONTÃO do PIRAPÓ fica ESPUMOSO e MATA as PELOTAS. Vai precisar de chá de CIDREIRA pra desarmar o BARRACÃO. GLORINHA E CONSTANTINA vão ficar DERRUBADAS implorando pela REDENTORA da ÁGUA SANTA por um encontro tão AGUDO no seu PARAÍSO DO SUL. Nada de BROCHIER! Só BARRA FUNDA, ITAPUCA ITAQUI, ITATI e ITACURUÍ. - O JAGUARÃO, vulgo DOUTOR RICARDO, ficou COLORADO ao ver CRISTAL falando como uma ESTRELA sobre ela e sobre suas amigas. Ele não tirava sua BOA VISTA DO CADEADO da FORTALEZA DOS VALOS de CRISTAL, exibindo a FORQUETINHA. E os DOIS IRMÃOS, aquele MORRO REDONDO, AGUDO, imaginando a ÁUREA através de sua roupa colada, o deixaram ENCANTADO. Mas, mantendo-se GENTIL, apesar do punho CERRITO, disse inconformado: - CHAPADA! CHARRUA sua ingrata! GIRUÁ sua bolsinha pra todos os CANUDOS DO VALE. Tua JABOTICABA pode ser que CAIBATÉ dizer que é MAQUINÉ. Mas PARAÍ! Ou MATO LEITÃO, ou MATO CASTELHANO. Fica com teu PONTÃO em tua RONDA ALTA que eu vou IRAÍ no ENGENHO VELHO, CONDOR no coração depurar minha CANDIOTA na BARRA FUNDA.

domingo, 4 de setembro de 2016

Culinária: Receita de Ninho de Carne Moída

Para quem quer fazer uma receita não muito complicada, de custo bastante bom e para agradar uma visita, eis aqui a receita que fiz hoje:



Ninho de Carne Moída:

Ingredientes:
1 kg de carne moída segunda (moída 2 vezes)
200 g de bacon moído 2 vezes
2 cebolas - 1 grande, uma pequena
2 tomates - 1 grande, um pequeno
2 dentes de alho grandes
200 g de retalho de presunto
200 g de retalho de queijo mussarela
2 ovos
1 xícara de farinha de pão
Sal e pimenta do reino branca a gosto

Modo de fazer:
Numa travessa, misturar a carne moída com a cebola e o tomate pequenos picados miudinho, os ovos e a farinha de pão, os dentes de alho amassados, com sal e pimenta a gosto. Misturar bem durante bastante tempo até a massa soltar da travessa. Abrir a massa sobre um filme plástico ou papel manteiga deixando o mais fino que puder (metade da espessura do que faria um rocambole de carne moída. Ralar o queijo em ralador grosso (aquele de ralar verduras cruas) e espalhar sobre a massa. Ralar o presunto da mesma maneira e espalhar por cima do queijo. Cortar a cebola grande em cortador de legumes separando ela em fios e argolas e espalhar por cima do presunto. Cortar o tomate e rodelas bem fininhas e espalhar por cima da cebola. Enrolar com a ajuda do filme (ou papel manteiga). O rolo não vai se manter unido. Colocar com a ajuda do filme dentro de forma. O rolo de carne vai mostrar rachaduras e tentar se abrir. Com as mãos dar forma de novo como se fosse rocambole sem se preocupar em fechar as rachaduras. Colocar tampado com papel alumínio em forno pré aquecido 220 graus por 45 minutos. Destampar e deixar por mais 45 minutos.

Acompanhe com arroz, maionese e saladas diversas. Vai fazer sucesso!

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Culinária: Receita de Xixo de Frango



Então você tem uma visita inesperada para jantar, não tá com grana sobrando para oferecer um banquete, mas quer impressionar. O que fazer? Faça este xixo de frango, que tenho certeza absoluta que será falado e comentado por um longo tempo devido ao sabor peculiar que esta receita cria. Fácil de fazer,  com um custo total inferior a 30 reais, sua textura e sabor impressionam. 

A Receita:

Receita de Xixo de Frango (4 pessoas)

8 cacetinhos (pão francês)
800 g de peito de frango desossado
200 g de linguicinha calabresa
1 colher de banha (ou ou 3 colheres de óleo de milho se preferir)
1 cebola grande
1 tomate médio
meio pimentão vermelho
1 sachê de molho madeira (250g)
1 Sachê de champignon (100g)
uma colher de sopa de colorau
sal a gosto

Preparo:

Derreta a colher de banha e coloque a calabresa a fritar picada em rodelinhas pequenas, acrescentando a cebola e o colorau. Quando estiver pegando no fundo, acrescente meio copo dágua. Acrescente o frango picado em bifinhos. Salgue a gosto e deixe conzinhando enquanto pica o tomate e o pimentão. Quando a mistura estiver secando, acrescente o tomate e pimentão e coloque mais 1/2 copo de água. Quando estiver fervendo, acrescente o molho madeira e o champignon picado fininho, deixe fervendo durante dez minutos.

Espalhe os pães cortados ao meio em travessa grande e cubra com o xixo quente. Leve ao forno aquecido 15 minutos e deixe por 5 minutos em potência alta.